sexta-feira, 3 de abril de 2009

Ela parece tanto comigo...

Ela parece tanto comigo. Tirando os 20 anos a mais de solidão, diria que ela sou eu. Nos parecemos tanto que seria capaz de confundi-la com o meu reflexo no espelho. Mas o que ela teria passado para que o tempo fosse tão voraz quanto parecia ter sido?

Ela aparentemente não podia me ver, mas fique tão curiosa para saber o havia acontecido. Tentei chamar sua atenção, mas ela realmente não podia me ver. Parecia tão triste, apesar do sorriso bonito, o rosto tranquilo e amistoso e o um corpo acima do peso aconchegado no balaço.

Tinha um livro na mão. Parecia ter intimidade com ele, como se já o estivesse lendo pela milésima vezes, como se já estivesse decorado cada palavra e só virasse as páginas pra ver se com o vento do movimento, o tempo acompanhava e ia embora também.

Não consegui ler o titulo, mas o que conseguir ler me deixou perplexa, e ainda mais curiosa. Li o meu próprio nome na capa daquele livro! Será meu?

Comecei a me perguntar onde realmente estava, e me surpreendi por não ter tido essa curiosidade antes. Mas tudo ali me parecia tão familiar, apesar de ter absoluta certeza de nunca ter visto nada daquele cenário antes. Pelo menos até então.

Já que ela, seja lá quem fosse, não podia me ver, resolvi desbravar e descobrir onde estava, afinal aquela mulher e eu tínhamos alguma ligação.

Não precisei mexer em nada para descobrir que a ligação era muito mais próxima do que tinha imaginado. Tinha várias fotos minhas na estante, ou será que era ela? Mas eram fotos que me lembro de ter, fotos recém tiras. Tinhas algumas fotos dela com algumas crianças, será que são filhos dela? Algumas noivas. Comecei a me assustar, as tais noivas eram minhas amigas! Quem era aquela mulher?

A agonia de não poder falar com ela foi aumentando, não conseguia saber quem era aquela mulher tão triste que conhecia meus amigos e tinha minhas fotos na estante da sala. Já estava preste a gritar, como o ultimo recurso para chamar a atenção dela, mas a campainha me deteve.


Continuaaa....

2 comentários:

Ricardo Aiolfi disse...

texto muito bem escritoo

aguardo ansioso pela continuação =]




e você não está só =]

IvanN disse...

gente q barraco
kem eh esse ser? *_*

eu acho q vc tah na frende do espelho kkkk

bjox linda
te-adoroooo